Capital mundial dos botecos: aprecie sem moderação os bares em BH

Capital mundial dos botecos: aprecie sem moderação os bares em BH

Belo Horizonte é um destino conhecido por muitas coisas, mas talvez você não saiba que a cidade é a capital mundial dos botecos, e não sou eu que estou falando, em junho de 2009 foi decretada a lei 9.714 que declarou para os bares em BH um dia municipal, o qual se dá no terceiro sábado do mês de maio. Não é a toa que a capital de Minas Gerais ganhou esse apelido, no total são 12 mil botecos para 2,4 milhões de habitantes, ou seja, um bar para cada 200 belo-horizontinos. Impossível resistir!

Aproveite o melhor de Belo Horizonte com as ofertas do Zarpo!

E não é apenas o Brasil que sabe dessa fama, o The New York Times escreveu um artigo sobre Beagá falando sobre seus botecos e até ensina algumas palavrinhas em português para praticar como “Desce mais uma rodada” e “Saideira”. Se até os gringos estão interessados nos bares em BH, você que está mais perto vai perder?

O boom dos bares em BH é na Savassi

chopp-bar-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Difícil saber por onde começar… Por isso, optei por separar os bares e suas localizações, tudo para facilitar sua vida, leitor. Vamos iniciar nossas visitas pela famosa Savassi na região central, uma área agitada e cheia de gente bonita!

Comece a noite no charmoso Redentor, que com “espírito carioca e tempero mineiro”, oferece 11 opções de chopp como o tradicional, pelourinho, moreno, amador, zé cremoso, preto véio e por aí vai… Experimente esse que já foi escolhido o melhor chopp do Brasil e de Beagá pelas revistas “Veja BH” e “Encontro”. Ah, e não se esqueça de degustar os petiscos que colecionam sabores feito os bolinhos de picanha do Braca, camarão empanado, linguiça de vitela e outras delícias.

Ali pertinho também se encontra o estiloso Bombshell todo decorado com objetos de seus donos e outros doados de amigos e clientes, por isso o ambiente tem jeitinho descontraído. Um ótimo lugar para degustar cervejas e drinks gelados, sem deixar de experimentar as batatas rösti crocantíssima e a coxinha de frango frita com chutney de banana!

O Café com Letras é outro endereço por lá que irá te surpreender. Durante o dia o clima é mais familiar e os pratos como saladas, risotos, massas (com opções veganas). De noite o ambiente fica romântico com a carta de vinhos e recebe alguns dias DJ’s, bandas e lançamentos de livros, já que o lugar funciona também como livraria. E se der vontade de sentir o gostinho da Bahia, vá até Baiana do Acarajé e peça a casquinha de siri ou a porção de bolinho de acarajé com camarão fresco acompanhados de uma cerveja bem gelada!

Tradição é no Santa Tereza

torresmo-bar-zarpo-magazineImagem ilustrativa

O bairro Santa Tereza é cheio de tradição e construções históricas, e guarda alguns dos melhores bares em BH! Um deles é o Bolão que há 5 décadas recebe artistas periodicamente como os Raimundos, Turma do Pagode, Skank e Sepultura. Alguns estão representados em suas paredes antes mesmo de ficarem famosos, juntamente com uma coleção de relógios. Além do saboroso chopp, experimente o spagetti e o rochedão com fritas. É o lugar perfeito para ir quando bate aquela fome de madrugada.

Referência no bairro e famoso por ter passado por guerras, ditadura, crises econômicas, o Bar do Orlando foi inaugurado em 1919 e permanece até hoje com sua boa clientela. O local simples e aconchegante ganha o coração dos mineiros e de seus visitantes que degustam as porções de torresmo de barriga, linguiça da roça com batata cozida, espetinho de medalhão de boi, tudo acompanhado daquela cervejinha gelada e boa companhia, seja nas mesas da calçada ou até nos bancos da praça da frente.

E como não dá pra ficar sem pizza, visite a Parada do Cardoso e aprecie as pizzas tradicionais, doces, calzones e as exóticas como a de bacalhau, brie e damasco, camarão, filé ao gorgonzola, fitness, indiana, japonesa, mexicana e outras delícias!

Mercado Central: difícil de resistir

gastronomia-bar-zarpo-magazineImagem ilustrativa

O Mercado Central é um daqueles lugares em que você entra e já sente o clima descontraído e a vontade de ficar, pedir uns petiscos e uma gelada e conversar com os amigos. São várias opções de botecos e bares em BH que se concentram por ali.

O Bar da Lora é um dos lugares em que você nem precisa sentar para pedir a famosa porção de fígado acebolado com jiló, o filé acebolado na chapa com mandioca ou a carne de panela com molho de cerveja preta… Tudo de bom quando acompanhada de um brinde! Acha que estou exagerando? O Bar da Lora foi ganhador do “Festival Comida di Buteco” em 2010 com o prato “Pura Garra da Lora”, o que não pode passar em branco entre os bares em BH!

Tem cara de restaurante gourmet, mas na verdade o Casa Cheia já ganhou o “Festival Comida di Buteco” em 2005 e 2008, com os pratos “Mineirinho Valente” e “Almôndegas Exóticas”. O ambiente agradável e a bebida gelada servida em copos mais elaborados que os de boteco, garantem conforto e muito sabor. Só não deixe de experimentar o Toquinho Atolado – jarret suíno temperado com ervas e marinado ao vinho, servido com creme de milho verde e batatas – uma verdadeira maravilha de Belo Horizonte!

Outros bares que são MARA em Beagá!

petiscos-jogo-bar-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Muitos ótimos bares estão espalhados pela cidade, e fica difícil dizer qual é melhor, já que cada pessoa tem seu jeito de apreciar petiscos, drinks, cervejas e chopps com os amigos. Por isso, aproveite as dicas da Mag e escolha um ou alguns bares em BH que são a sua cara!

A Cantina do Lucas que começou a servir petiscos e bebidas em 1962, se tornou Patrimônio Histórico e Cultural da cidade, tombado em dezembro de 1997. O lugar que carrega muita história, já foi frequentado por Milton Nascimento, jornalistas como Ronaldo Brandão e outros muitos nomes renomados.

E ao experimentar o filet à parmegiana ou o filet surprise (duplo filé à milanesa recheado com presunto e queijo, risoto, banana, batata e ovos) você entenderá o motivo de tanta fama. Seja pela decoração com o teto cheio de prateleiras e garrafas viradas para baixo, pelo sabor ou pela carta de vinhos, a Cantina do Lucas não deixa a desejar!

Se a pedida é algo a mais do que comer, beber e jogar conversa fora, esse lugar é o IL Capo! Um clube feito para adultos que procuram muita diversão em um lugar agradável, com comidinhas gostosas e porque não, para ficar mais bonito(a). Por lá, você pode jogar uma partida de pôquer, vídeo game, fliperama, saborear as delícias acompanhadas de uma cerveja trincando e ainda cortar o cabelo e fazer a barba! Seus hambúrgueres artesanais (como o Charlie Lucky Luciano) são grandes e suculentos. De sobremesa peça o alfajor de colher!

E para fechar com chave de ouro nossas dicas de bares em BH, nada melhor que o Botequim 815, um barzinho onde é impossível não comer. O carro chefe da casa é a porção chamada poutine, típico da culinária canadense, é uma mistura de batata frita, queijo, molho de carne e você pode escolher entre bacon, lombo defumado, mexicano e carne seca. Acompanhe com uma cerveja e voilá! Como é bom estar entre os bares em BH!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *