Galeries Lafayette para sonhar e Hotel Marquis Faubourg para acordar

Galeries Lafayette para sonhar e Hotel Marquis Faubourg para acordar

Acordar no Marquis Faubourg Saint-Honoré, pomposo hotel Boutique instalado em uma mansão do século 18, no coração de Paris, pode ser um grande teste para os mais ávidos pelas compras. E que teste! Afinal, você estará literalmente no meio de três dos dez melhores endereços de compras da capital: as Galeries Lafayette (Boulevard Hausmann, 40), a Avenida Champs-Elysées e a Rua Saint-Honoré, a 20 metros do Marquis Faubourg.

Por isso, esteja prevenido. Já na Saint-Honoré vai ser difícil ser santo ao passar por lojas próprias da Gucci, Hermès, Dior e ainda dar de cara com os belíssimos calçados Sergio Rossi. Chegar nas famosas Galeries Lafayette, então, será o último golpe!

Croissant no sentido da palavra

Bem perto dalí você poderá comprovar que a comida tradicional da casa jamais será igual em qualquer lugar do mundo. Se o seu café da manhã não for vencido pela emoção de estar frente aos saltos Louis XV “by” Sergio Rossi, arrisque, com sucesso, um croissant no Ladurée (Rua Royale, 16) e perceberá que o termo “croissant” nem deveria ser usado no Brasil. Aberta em 1862 por um moleiro de família simples do sudoeste da França, a casa de chá tornou-se famosa em todo o mundo principalmente por conta dos coloridos macarons (pequeno bolo granulado de cerca de 5 centímetros). Você vai ter que experimentar!

“A mais bela avenida do mundo”

Com as energias carregadas será possível desvendar os mistérios da prestigiada “La plus belle avenue du monde”, ou, “A mais bela avenida do mundo”, nas palavras dos franceses. É com certa soberba que eles mencionam a Champs-Elysées com seus quase 2 mil metros de comprimento, cercada de grifes mundialmente famosas. Soberba até permitida ao tratar-se de tão belo logradouro. Soberba nitidamente comprovada ao nos depararmos com a maior de todas as lojas do mundo da Louis Vuitton. Um escândalo! De esquina com a George V.

Com ou sem sacolas penduradas por todo o corpo, será preciso dar, antes de tomar a direção para as Galeries Lafayette, uma esticadinha até o Jardin des Tuileries abaixo da Champs-Elysées e da Praça da Concórdia, onde está o Obelisco. Situado na margem esquerda do Rio Sena, lá estão também dois importantes museus de arte contemporânea, o Musée de l’Orangerie e o Jeu de Paume. Bom para depois poder dizer que a viagem também foi cultural.

Garimpo sem fome

Se você sentir que o sono da noite não será pleno por não ter passado na Galeries Lafayette “só para dar uma xeretadinha”, não hesite. Invente uma fome súbita e vá almoçar no Lafayette Gourmet, no primeiro piso da galeria do setor masculino (sim, porque para este ser considerado um shopping de luxo completo de Paris foi preciso separá-lo por gênero).

Queijos franceses

O espaço gastronômico é perfeito para quem está a passeio de compras e quer dar uma parada rápida para não passar o resto do dia de garimpo com o estômago vazio. Mas antes de chegar a este destino cobiçadíssimo pegue a rua Castiglione (umas das saídas do Jardin des Tuileries), siga em frente e conheça a Place Vendôme, endereço protagonizado pelas mais importantes marcas da alta joalheria de Paris: Alfred Van Cleef, Cartier, Chanel Joaillerie, Dior Joaillerie, dentre muitas outras.

Place Vandôme

A sensação ao sair de lá, é que será preciso muito trabalho para não deixar nenhum anel, colar ou relógio paquerado na praça, tão dourada. De qualquer forma, mais à frente, estarão elas, as famosas, as imponentes: Galeries Lafayette.

As Galeries Lafayette: 10 andares de muita força

As sempre lotadas Galeries Lafayette abrigam o maior departamento de lingeries do mundo e começou a funcionar em 1893, quando no início, era apenas uma pequena loja daquela elegante esquina. Com os negócios de seus donos Théophile Bader e Alphonse Kahn crescendo, em 15 anos todo o prédio foi incorporado para que o slogan parisiense sobre esse enorme e luxuoso mercado do consumo se mantivesse vivo: “ici, la mode vit plus fort”, ou “aqui, a moda vive mais forte”.

Galeries-Lafayette

E na certa, vive. É possível encontrar as melhores marcas, os melhores cosméticos e artigos para casa, mesa e banho, todos em um mesmo espaço, distribuído nos dez andares das Galeries Lafayette. Por isso, segue a dica: evite querer conhecer todo o roteiro de compras de Paris em um único dia. Até porque, seria impossível.

Marquis Faubourg para o combate às varizes

Marquis Faubourg Saint-Honoré

Compras frenéticas, cansaço iminente. É hora de retornar ao Marquis Faubourg Saint-Honoré, provar o vinho francês servido como cortesia todas as tardes, no salão do hotel e aproveitar o spa, cujos tratamentos podem ser feitos em sua própria suíte.

Após um bom banho, você poderá passar ótimos e íntimos momentos na biblioteca da mansão, ou, voltar a provar todas as novas aquisições garimpadas na cobiçada Cidade Luz. Por que não?

O hotel Marquis Faubourg Saint-Honoré está atualmente em promoção no Zarpo por mais alguns dias (até o 27/07/2013) com tarifas exclusivas para nossos associados.

Paris para conhecer intimamente

O romantismo de Paris

A Cidade Luz, uma das cidades mais românticas do mundo, é cenário deslumbrante para aquele pedido especial de casamento, para aquela comemoração de alguns anos de união e para realizar a chance de estar com a pessoa amada em uma lua de mel. Paris é para todos os gostos e todos os públicos.

Para os amantes da arte, o Museu mais visitado do mundo, o Louvre, não deixa a desejar com sua arquitetura clássica e imponente. É parada obrigatória.

Au revoir!



Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *