Guia básico de sobrevivência em Monte Verde

Guia básico de sobrevivência em Monte Verde

Distante apenas 170 km da cidade de São Paulo, a vila é uma ótima opção de fuga para os paulistanos que buscam sossego, para os casais à procura do clima friozinho e romântico das montanhas e para os aventureiros sedentos por adrenalina.

Situada a 1.500 metros de altitude, na cidade de Comanducaia, sul de Minas Gerais, Monte Verde é mais um destino brasileiro que herdou influências da Europa graças aos primeiros imigrantes, vindos da Letônia. Além do clima frio, os ares europeus se intensificam com os casarões em arquitetura ao estilo alpino e a gastronomia que também ganhou um toque do “velho mundo”. A natureza também contribui completando os cenários com áreas preservadas de Mata Atlântica, araucárias centenárias, pinheiros, eucaliptos e cachoeiras.

Viaje para Monte Verde e economize na hospedagem

Dicas de ouro

trilha-zarpo-magazine

Vá com o bolso abastecido. Pensar que Monte Verde é uma viagem baratinha pode ser um engano, a não ser que você deixe de fazer os passeios. Monte Verde é um destino que para ser bem aproveitado, precisa colocar a mão no bolso, muitas vezes. Todas as atividades são pagas e saem por no mínimo R$30,00. Se quiser curtir os passeios do destino, vá preparado. Outra dica de ouro sobre Monte Verde é que apesar de pequena, para circular pelas ruas íngremes é recomendável ir de carro ou alugar um lá. Do contrário, prepare as pernocas!

Sempre que for sair do hotel para um passeio, leve junto uma mochila com alguns itens básicos, como agasalho, mesmo que o tempo estiver quente. No topo das montanhas o frio costuma ser intenso e conforme vai anoitecendo as temperaturas caem bruscamente. Importante também levar água e comida. E, o mais importante: nem pense em deixar o seu lixo pelo caminho. Leve uma sacolinha plástica, recolha tudo e traga de volta com você até encontrar um lixo (sim, isso não foi uma dica, foi uma ordem mesmo).

As quatro estações em Monte Verde

As quatro estações em Monte Verde.

Destino típico de inverno, Monte Verde tem sua alta temporada de junho a julho, meses que os termômetros chegam a ficar no negativo, formando geadas que deixam as ruas cobertas de gelo pela manhã (o mais perto que chegamos da neve no Brasil). É nesta época que as pousadas de charme com suas suítes equipadas com lareiras e hidromassagens, tornam-se deliciosos refúgios para os casais em busca de um fim de semana romântico.

No outono, quando algumas árvores ficam com as folhas avermelhadas, os cenários ganham mais ainda um q de Europa. Na primavera o clima ainda está um pouco frio, mas as árvores se enchem de flores e as ruas de Monte Verde ficam ainda mais bonitas e perfumadas. Quando o verão chega, o clima esquenta alcançando a média de 24°C durante o dia, mas esfriando todas as noites.

Radicalizando pelas trilhas de Monte Verde

Conheça as trilhas radicais de Monte Verde.Imagem ilustrativa

Os cenários naturais de Monte Verde são sim muito relaxantes, mas também rendem altas aventuras em suas trilhas cercadas pela natureza da Mantiqueira que podem ser exploradas de diversas formas. Os passeios de quadriciclos duram cerca de uma hora e percorrem 13 km de trilha passando por lagos, lama, subidas e descidas íngremes. O trajeto é acompanhado por um guia especializado e tem valor aproximado de R$130,00.

De jipe os roteiros disponíveis são dois, um de duas horas com paradas no mirante do aeroporto, em um trutário e em uma galeria de arte da vila. O segundo leva à cachoeira dos Pretos com mais de 150 metros de queda d’água, e tem cerca de quatro horas de duração. O valor aproximado é de R$120,00 a R$300,00, por casal. Para desbravar a preservada vegetação das trilhas, passeios a cavalo também podem ser organizados por cerca de R$ 140,00.

monte-verde-zarpo-magazine

Outra opção para contemplar as belezas naturais de Monte Verde é com trekkings pelas trilhas. Uma delas leva a 1.955 metros de altitude, ao topo da Pedra Chapéu do Bispo, dura cerca de 1h e a vista lá de cima, como se pode imaginar, é incrível.

A trilha da Pedra Partida reserva boas doses de frio na barriga nos trechos estreitos, próximos a penhascos. Ao chegar ao topo a vista estupenda engloba a famosa Pedra do Baú. A trilha, ida e volta, dura cerca de 3 horas.

A trilha da Pedra Redonda com 1.990 metros de altitude requer apenas 40 minutinhos para alcançar o seu topo. Vá à tardinha para acompanhar o sol se pôr e não esqueça a câmera fotográfica, o local rende fotos lindas da despedida do astro rei.Já a do Pico Selado é uma das trilhas mais difíceis de Monte Verde, para segui-la é altamente recomendável o acompanhamento de um guia.

Com apenas uma hora (ida e volta) a trilha do Pinheiro Velho é a mais simples de Monte Verde, podendo inclusive ser feita com crianças. A trilha leva ao aeroporto, de onde são feitos os passeios de monomotor.

Monte Verde pelos ares

Tirolesa - Monte VerdeImagem ilustrativa

Além de subir ao topo das altas pedras do vilarejo, uma outa forma de ter uma visão panorâmica de Monte Verde é através de passeios de monomotor. São 3 roteiros disponíveis, um de 15 minutos que sobrevoa a vila, um de 25 minutos que leva à cachoeira dos Pretos e um de 1h com destino a Campos do Jordão e a Pedra do Baú. Os voos partem do aeroporto de Monte Verde que, situado a 1600 metros de altitude, é o mais alto do Brasil.

Outra pedida que garante muito frio na barriga é a mega tirolesa da Fazenda Radical que com 450 metros cruza um vale de eucalipto a 65 metros de altura. Para voltar, o nível de adrenalina sobe e o desafio aumenta um pouco, a outra tirolesa tem 75 metros de altura e 475 metros de extensão.

Para se aventurar e aproveitar um contato ainda mais intenso com a natureza, o arborismo pelas araucárias do Espaço Adélia é perfeito. Em 40 minutos os visitantes são desafiados com cinco níveis de obstáculos, entre eles a falsa baiana e a tirolesa. O custo da atividade sai por cerca de R$ 40,00. No parque há também tirolesa infantil, arco e flecha (R$35,00), paintball (R$45,00) e tiro ao alvo (R$30,00).

De Minas à Europa em uma garfada

chope-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Com influências da culinária europeia e o irresistível toque mineirinho, comer bem faz parte da experiência em Monte Verde. Durante a viagem os turistas podem experimentar iguarias da típica comida caseira mineira, como tutu de feijão, feijão tropeiro, linguicinha artesanal, torresmo, leitão à pururuca e vários tipos de queijo. Pratos da alta gastronomia europeia, tais como foundue, raclette, truta, chocolate e apfeltrudel, também enchem esta trip de sabor.

A dica de restaurante para provar os quitutes mineiros é o Sabor Mineiro. O local é aconchegante, o atendimento gentil, o cardápio bem variado e os valores honestos. Já quem quiser experimentar a típica comida alemã e ainda beber deliciosos chopps e cervejas artesanais, deve seguir rumo ao Chopp do Fritz.

Se o clima romântico de Monte Verde é um convite aos casais, é indispensável um restaurante para um jantar à luz de velas. A melhor pedida é o restaurante Mont Vert Casa do Fondue que além do ambiente intimista, oferece um cardápio com diversas versões da iguaria. O destaque vai para o Fondue de Queijo Suíço, receita original dos Alpes que leva queijos nobres fundidos com Kirch, Emmenthal e Gruyére Estepe, acompanhados de cubos de pão italiano, batata doré e legumes.

Comprar também faz parte da viagem a Monte Verde

geleia-zarpo-magazine

Além de comer durante a viagem, levar delícias para casa é outro bom motivo para visitar Monte Verde. Na rua principal da vila há diversas lojinhas que vendem produtos naturais, cerâmicas, artesanatos, além de guloseimas como queijos mineirinhos, cachaças artesanais, licores, geleias, doces e vinhos. Para decorar a casa, no Atelier do Lelé você encontra peças de cerâmica em vários formatos. Na Geleias Tia Nata as compotas são feitas com amoras, moranga e kiwi colhidos no jardim da casa.

As melhores hospedagens em Monte Verde

Pousada Carícia do Vento - Monte Verde.

Independente se a sua viagem é romântica, em família, para descansar ou para se aventurar, Monte Verde tem um lugar que irá lhe acolher. Para uma viagem em família, o Hotel Phortal das Videiras, situado a apenas 600 metros do centro de Monte Verde, oferece opções de diversão na estada, tais como mini fazenda, piscina coberta e aquecida com tobogã e sala de jogos.

Se a sua viagem a Monte Verde é à procura de descanso, também a 600 metros do centro da vila, a charmosa Pousada Carícia do Vento tem cantinhos perfeitos para relaxar. A primeira garantia de descanso nesta estada é o café da manhã que, servido até às 11 horas, permite umas horinhas a mais de sono. E, para esquecer-se da vida, curtindo o som dos pássaros, tem o deck com piscina e hidromassagem, spa aquecido com vista para as montanhas, saunas secas e úmida.

Pousada Spa Mirante da Colyna - Monte Verde

Quer uma estada ainda mais relaxante? A Pousada Spa Mirante da Colyna é perfeita! Além da localização que, em apenas 500 metros, os hóspedes alcançam o centro de Monte Verde, os ambientes são muito encantadores e os chalés…bom, leia você mesmo! Tem o chalé com mezanino, saleta com lareira, vista para as montanhas e edredons Trussardi, ou, a Casa de Campo com 60 m², saleta com rede, lareira, sofá e varanda com vista para as montanhas.

Agora, o casal que se interessou no clima romântico de Monte Verde, encontra no Kuriuwa Hotel a estada ideal. Primeiro motivo? Nada de crianças, barulho e falta de privacidade, o hotel só hospeda maiores de 14 anos. Segundo motivo? Café da manhã na cama, servido na sua acomodação. Terceiro motivo? A piscina exterior aquecida, com jacuzzi e vista para as montanhas. Ainda quer mais motivos? Dá só uma olhada na descrição do refúgio que irá abrigar os pombinhos durante a estada: 63 m² com hidromassagem dupla, varanda ampla com chaise longue ou poltronas com puff e vista para as montanhas, lareira no quarto e na varanda.

Depois de ler tudo você ficou com vontade de descobrir Monte Verde? A boa notícia é que esses lindos hotéis que citei acima são parceiros do Zarpo. Isso significa que as diárias levam aquele descontinho imperdível. Confira as tarifas



Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *