Jeitinho caiçara, coração nordestino: descubra o que fazer em Aracaju!

Jeitinho caiçara, coração nordestino: descubra o que fazer em Aracaju!

O litoral do Sergipe com seu clima quente e úmido, suas magníficas paisagens tropicais e seu povo hospitaleiro, atrai turistas para mais que uma ida à praia. As variadas opções de o que fazer em Aracaju surpreendem os turistas, que logo percebem sua boa estrutura e diversidade cultural. Em mais um destino, o Nordeste brasileiro mostra que é um dos orgulhos do Brasil. Vem conhecer!

Conheça o Brasil em lindas hospedagens com os melhores preços! Só no Zarpo!

O clima bom proporciona a garantia de passeios o ano todo, até mesmo porque são várias opções para aproveitar! Aracaju é uma capital onde o interior se mistura com a cidade grande, quando imponentes arquiteturas se unem às feirinhas locais, espaços para esportes, praças e parques, restaurantes regionais e internacionais. Ou seja, tem escolhas para todos os gostos, mas tenho certeza que admirar a vista da Orla do Pôr do Sol é uma experiência única que agrada à gregos e troianos!

Uma certeza sobre o que fazer em Aracaju: esquecer os problemas!

croa-do-gore-sergipe-zarpo-magazine

Sossego, areia, sol e água fresca, são o que as praias de Aracaju oferecem aos visitantes com suas águas verde escuras, originadas dos rios Sergipe e Vaza-Barris. A imperdível Praia Crôa do Goré fica ao sul, e é uma pequena ilha de areia que se forma dependendo do movimento da maré. Lá você pode relaxar nos bares flutuantes localizados em cima da ilha e até pedir um petisco! Para chegar, é só embarcar em um catamarã que sai da Orla do Pôr do Sol.

Depois, aproveite para conhecer a Ilha dos Namorados a um pouco mais de meia hora da primeira praia. No meio da belíssima ilha, você vai encontrar uma piscina natural tranquila, a qual as crianças (e você também, claro), com certeza vão a-do-rar!

buggy-sergipe-zarpo-magazine

Já a Praia do Saco, rodeada por coqueiros, é um pouquinho mais agitada com suas barracas estruturadas e seus passeios de buggy pela areia. Entre as opções de o que fazer em Aracaju, só não deixe de visitar a linda Praia de Pirambu, onde se encontra uma base do Projeto Tamar. Você irá se encantar com a área de desova de tartarugas marinhas, suas dunas enormes, trechos mais desertos e a fascinante Lagoa Redonda. Momentos especiais não vão faltar nessa praia!

Apesar de toda essa beleza, a Praia de Atalaia é a mais famosa e também não deixa por menos. Com sua água clarinha e uma extensa faixa de areia de 6 quilômetros de extensão, ela é um dos principais cartões postais da cidade, e conta com ciclovia, campos de futebol, quadras e até lagos artificiais, muito usados na prática de windsurf.

tartaruga-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Uma vez lá, você pode andar pela Passarela do Caranguejo, lugar perfeito para encontrar os melhores restaurantes e bares da cidade (aqui a animação é garantida). Aproveite também para visitar o Oceanário de Aracaju, lugar para ver animais marinhos, principalmente tartarugas, e o Centro de Cultura e Arte de Sergipe que reúne admiráveis peças de artesanatos regionais.

Se cansar da calmaria das praias, andar pelo centro histórico pode ser uma escolha diferente na sua lista de o que fazer em Aracaju. Encante-se pela linda arquitetura presente na catedral e nas praças que guardam verdadeiros palácios e belas estátuas. Outra boa ideia é visitar o Parque da Cidade localizado na zona norte de Aracaju, onde estão inseridos um minizoológico e um teleférico, tudo muito preservado e lindo!

Primeiro centro multimídia do nordeste

Museu-da-Gente-Sergipana-zarpo-magazineMarcelle Cristine (ASN)/CC-BY-SA

Conhecer a cultura regional é uma experiência e tanto entre o que fazer em Aracaju, por isso e muitos outros motivos, conheça o impressionante Museu da Gente Sergipana! Inaugurado no ano de 2012 em um prédio restaurado, de 1926, foi eleito a “Atração do Ano” pelo Guia Quatro Rodas em 2013. Nem preciso dizer que é imperdível, principalmente por refletir a identidade dos sergipanos. Em meio às obras de arte estão toda a irreverência dos aparelhos multimídia, tornando tudo mais interativo e interessante.

O museu é dividido por áreas temáticas de cada respectiva área cultural sergipana, como a “Nossas Feiras”: onde pode-se ver artigos regionais e falar com os feirantes virtuais, e até negociar um desconto (sim, é sério!). “Nossos Falares”: com palavras e expressões do Sergipe. “Nossos Pratos”: você pode montar vitualmente seu prato favorito com delícias gastronômicas da região. E vários outros com temas que nos fazem imergir na cultura nordestina. Difícil será sair de lá…

Cânion do Xingó: motivo de orgulho nacional do Sergipe

canion-xingo-sergipe-zarpo-magazine

Na divisa entre Alagoas e Sergipe, a 200 quilômetros de Aracaju, está um lugar exótico, impressionante e que coleciona milhares de anos. O Cânion do Xingó é um daqueles magníficos lugares brasileiros que nos deixa orgulhosos de ter nascido nessa terra, sabe? Ele surgiu após o represamento das águas do Rio São Francisco ser feito para a construção da Usina Hidrelétrica do Xingó, em 1994.

Ao chegar ao ponto de partida do passeio, na cidade de Canindé do São Francisco, você irá embarcar em um catamarã – equipado com lanchonete e banheiro – e viajar mais meia hora até chegar ao que é o 5° maior cânion navegável do mundo, o que faz todo o esforço da viagem valer a pena! E não é só por isso, a fascinante paisagem que parece ser ilusória, desvenda a visão de águas verdíssimas passando pelo meio de grutas avermelhadas. O melhor é que, se quiser, pode mergulhar nessa maravilha!

Dê uma esticadinha até as cidades vizinhas e admire-se!

laranjeiras-historico-sergipe-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Laranjeiras, uma bela cidade histórica a 20 quilômetros da capital sergipana, também pode estar no seu roteiro de o que fazer em Aracaju. Essa cidade guarda muita história, já que foi nela que eram exportadas todas as mercadorias produzidas no estado. Seu conjunto arquitetônico está preservado até hoje, e seu centro histórico foi tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Ao lado (a 30 quilômetros), a tranquila cidade de São Cristóvão, fundada em 1590, já foi capital do estado. Em 2010, teve a Praça São Francisco tombada pela UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade, e encanta os turistas com sua arquitetura histórica e rica, além de reunir museus que guardam peças do século XVII e XX. Vale a pena conferir!

Já tinha pensado em viajar para Sergipe? Aposto que agora deu aquela vontade de conhecer tudo o que fazer em Aracaju, só que de pertinho, não é? Então, aproveite as ofertas do Zarpo para esse destino e boa viagem!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *