Descubra os segredos do litoral do estado do Rio de Janeiro

Descubra os segredos do litoral do estado do Rio de Janeiro

Que a capital carioca é um dos destinos mais cobiçados no estado do Rio de Janeiro o mundo todo já sabe, o que talvez muita gente ainda não percebeu é que nem só da Cidade Maravilhosa vive o turismo no estado. Na verdade, para viajar pelo litoral do Rio de Janeiro, bons destinos não faltam. Minha missão hoje? Mostrar a vocês como esta região do Brasil reserva cenários lindos, à espera de serem explorados.

Economizar no hotel para aproveitar mais o destino é uma boa. E se eu disser que essa economia não compromete a qualidade da hospedagem? Aí sim, fica perfeito! Que foi? Não acredita? Então confira as tarifas promocionais dos parceiros do Zarpo e vai por mim, só tem hotel filé.

Viajando pelo litoral do estado do Rio de Janeiro

angra

Angra dos Reis – Com 365 ilhas banhadas por um mar verdinho, este é um dos destinos que mais rendem passeios no estado do Rio de Janeiro. Situada na região sul do estado, a cerca de 170 km da capital, o munícipio é rico não só em belezas naturais, mas também em história. Além do leque de passeios às belíssimas praias insulares, feitos em lanchas e escunas, no continente, quem gosta de construções históricas, encontra prédios dos séculos 18 e 19.

Outro indiscutível atrativo que leva fama e turistas à Angra dos Reis são suas belezas submersas. Se não bastassem as ricas fauna e flora marinhas da região, a baía é repleta de navios naufragados, o que torna o destino um dos melhores points de mergulho do país.

Estado do Rio de Janeiro: Arraial do Cabo.

Arraial do Cabo – Outra joia preciosa no estado do Rio de Janeiro, perfeita para os mergulhadores explorarem os segredos do fundo do mar. A 150 km das movimentadas Copacabana e Ipanema, Arraial do Cabo tem águas cristalinas em 35 km de praias menos cobiçadas, não por falta de beleza, mas porque costuma entrar mais no roteiro dos cariocas quando cansam de suas estrelas badaladas, e dos viajantes de um dia, vindos de Búzios (38 km) e Cabo Frio (15 km). No litoral, o trio Praia do Farol, Prainhas do Pontal do Atalaia e Praia do Forno, compõem a lista das mais belas não só de Arraial, mas do Brasil.

Estado do Rio de Janeiro: Búzios.

Búzios – Não tem como não assimilar a visita de Brigitte Bardot nos anos 60 à sofisticação que o balneário de Armação de Búzios exibe hoje. O antigo vilarejo de pescadores, situado a 180 km da capital, virou destino top com restaurantes sofisticados, lojas de grifes famosas, clubes de praias, baladas como Pacha e Privilège e turistas com cacique para aproveitar bem esses requintes. As praias, ao todo 20, são lindas e preservadas, algumas com acesso mais difícil garantem paisagens intocadas e areias quase vazias.

cabo-frio

Cabo Frio – Olha, eu diria que o estado do Rio de Janeiro só perde mesmo para a Bahia no quesito da diversidade de destinos viajáveis. Cabo Frio, a 160 km da capital carioca, é outra opção paradisíaca que além de belas praias de águas cristalinas, oferece boa infraestrutura com bares e restaurantes. A cidade é a maior da Região dos Lagos e pela proximidade com Arraial do Cabo e Búzios, sempre faz parte do roteiro do viajante que resolve explorar as belezas deste estado bonito por natureza.

paqueta-zarpo-magazine

Ilha de Paquetá – A partir da capital do estado do Rio de Janeiro são apenas 40 minutinhos, em uma agradável travessia de balsa que passa debaixo da ponte Rio/Niterói, até à ilha que marcou a infância dos cariocas. Nas pacatas ruas de terra, o vai e vem de charretes, cavalos e bicicletas e os casarões antigos, criam uma atmosfera bucólica ao destino que serve de refúgio para os cariocas em busca de sossego. Infelizmente, as praias de Paquetá, banhadas pela Baía de Guanabara, são quase todas impróprias para banho, mas o passeio é super merecedor de entrar no roteiro do viajante que ficar na capital por muitos dias.

Estado do Rio de Janeiro: Ilha Grande.

Ilha Grande – Lembra quando falei que Angra dos Reis tinha 365 ilhas em sua baía? Pois esta é a maior delas e merece um espaço exclusivo entre os destinos do estado do Rio de Janeiro. Para começar, são mais de 100 praias, sendo que em suas águas cristalinas a vida marinha é rica e muito procurada para mergulhos.

No roteiro da ilha, além de passeios de lancha, escuna e táxi-boat pelo litoral e para as duas lagoas (verde e azul), ainda dá para incluir banho de cachoeira, trekking e escalada nos 982 metros do Pico do Papagaio e visita a uma gruta com lago que, graças ao sol, ganha um efeito fluorescente.

Estado do Rio de Janeiro: Macaé.

Macaé – Mesmo com a vocação para o petróleo e apenas 11 km de litoral, Macaé rende uma boa viagem com belos cenários naturais e muitas atividades de ecoturismo. No destino situado a cerca de 180 km da Cidade Maravilhosa, quem gosta de um banho de cachoeira se dá muito bem com a variedade de quedas escondidas na serra macaense. Ainda composto por muitos rios e montanhas da serra, o cenário de Macaé se torna palco para os aventureiros praticarem esportes radicais como rafting, escalada, trekking, arvorismo e cascading.

Estado do Rio de Janeiro: Mangaratiba.

Mangaratiba – Recortado por ilhas e enseadas, o munícipio a 100 km da capital e do ladinho de Angra, conta com belas praias de águas esverdeadas, mas nem todas com acesso livre, por causa dos hotéis e resorts situados na orla. A pedida é ir ao cais e pegar os barcos que levam às ilhas próximas, como a famosa Ilha Grande, ou percorrer trilhas pela mata ao encontro de cachoeiras.

Estado do Rio de Janeiro: Maricá.

Maricá – Um destino ainda pouco explorado, mas nem por isso deve faltar no roteiro dos viajantes que queiram descobrir todas as faces deste grande e belo litoral. Um pulinho da capital carioca, apenas 50 km, é uma ótima alternativa para quem quiser esticar a experiência no estado do Rio de Janeiro. Praias bonitas, lagoas, morros e um farol compõem os cenários do destino.

Estado do Rio de Janeiro: Niterói.

Niterói – Distante apenas 13 km da cidade do Rio de Janeiro, o destino costuma integrar a lista de atrações de quem visita a capital. Nos seus 11 km de praias, dê preferência para as oceânicas, onde o mar aberto garante águas limpas. As outras, banhadas pela Guanabara, costumam ficar impróprias para banho, mas em compensação reservam orlas animadas com bares e quiosques e, no caso de Icaraí, um panorama diferente do cartão postal Pão de Açúcar.

Estado do Rio de Janeiro: Paraty.

Paraty – A cidadezinha situada a 250 km da capital do estado do Rio de Janeiro revela muitas surpresas aos seus viajantes. Além das ilhas ao redor, dezenas de praias preservadas, algumas só acessíveis com passeios de barco ou de escuna, seus dias em Paraty podem ser preenchidos com trilhas às cachoeiras e passeios pelo charmoso centro histórico com visitas aos ótimos restaurantes, bares, lojinhas e ateliês de arte.

Estado do Rio de Janeiro: Rio de Janeiro.

Rio de Janeiro – Você não achou que eu deixaria a mais maravilhosa das cidades do estado do Rio de Janeiro de fora desta, achou? Jamais! A capital carioca é o destino mais cobiçado do estado, no Brasil e, um dos mais cobiçados do país, por viajantes do mundo todo. Fiquei passada quando vi que em votação no TripAdvisor, São Paulo (a “terra da garoa” que está na seca), desbancou o Rio, roubando o primeiro lugar entre os 10 melhores destinos do Brasil. E olha que sou paulistana. Sim, nasci no lugar errado!

O Rio de Janeiro tem diversos shows e peças teatrais em cartaz, museus, baladas para todas as tribos, restaurantes de variadas gastronomias, bares para todos os tipos de botequeiros, parques verdes (tem uma floresta na cidade do Rio!), centros culturais… Viu? Praticamente tudo que faz São Paulo ser assim tão legal, só que com adicionais deliciosos, tais como, praias lindas, paisagens contornadas por morros verdes (alguns habitados, mas e daí? Sampa tem favela em todas as regiões, não se engane), clima descontraído e quente, povo hospitaleiro e acostumado a receber turistas de várias partes do mundo, já falei das praias lindas? Ok, não vou ser uma filha ingrata e ficar aqui falando mal da minha cidade natal.

Estado do Rio de Janeiro: Saquarema.

Saquarema – Gosta de surfar? A cerca de 120 km da capital está o destino perfeito para você no estado do Rio de Janeiro. Conhecida como a Capital Nacional do Surf, Saquarema oferece aos surfistas praias com ondas de até três metros de altura que, como não poderia ser diferente é palco para campeonatos nacionais e internacionais do esporte. Mas não se preocupe, nas 12 praias do destino também tem águas tranquilas para quem quiser curtir o banho de mar sem levar caldos. E se a temperatura estiver muito quente, fuja para as águas fresquinhas de uma das seis cachoeiras da Serra do Roncador.

trindade

Trindade – Assim que acabam as curvas sinuosas e ladeiras da estrada que liga Paraty à Trindade, já é possível sentir a vibe da vilazinha hippie. No centrinho, camisetas do Bob Marley, muitos rastafáris e a galera de Jah em peso. Não curte isso, dê meia volta e não estrague a atmosfera. Obrigada!

Gosta disso? Se delicie nas águas tranquilas e esverdeadas da Praia do Meio, no mar bravo e azul da Praia do Cachadaço, pegue a trilha que sai desta última em direção as piscinas naturais e, no meio da trilha, não tenha receio de descer a íngreme trilhazinha com indicação “P. da Figueira”. A faixa de areia da praia que ali existia e era frequentada por nudistas, sumiu com o mar, mas há uma grande pedra que garante saltos no mar.

Quer uma dica muito pessoal? Não perca tempo indo à tal pedra que engole. Consiste em entrar por uma fenda na pedra (que não me engoliu coisa nenhuma) e descer por ela até a sua outra extremidade. O que vale é a piscininha (geladíssima) que se forma em seu meio, mas eu (meu companheiro de viagem adorou), não acho que valha tanto largar o mar para isso.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *