Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros: aventura do coração do Brasil!

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros: aventura do coração do Brasil!

Se ao ouvir Planalto Central só vem Brasília à sua mente, você precisa conhecer a Chapada dos Veadeiros, o ponto mais alto, lindo e energizado do coração do Brasil. A 1700 metros de altitude estão inúmeras cachoeiras, algumas em cânions enormes, que desaguam em piscinas naturais. Tudo cercado por vegetação típica do cerrado e habitado por animais ameaçados de extinção, como a onça pintada. Para proteger esse patrimônio natural, foi criado o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, um refúgio não só para a fauna e flora local, mas para os viajantes que buscam cenários preservados e muita aventura.

Zarpe nesta viagem rumo ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Linda feat mística

chapada-dos-veadeiros-lagoa

Há quem acredite que além da beleza descomunal da Chapada dos Veadeiros, o lugar também emana uma energia mística. Não à toa, afinal não é em todo lugar que cristais brotam do chão. A região, mais precisamente o município de Alto Paraíso, está situada sobre uma placa de cristais de quartzo, formada há quase 2 milhões de anos. Outro fator que chama a atenção dos mais místicos é que o destino é atravessado pelo Paralelo 14, que também passa na igualmente mística Machu Picchu, ruínas da cidade perdida dos Incas, situada no Peru.

A partir desses fatos, convenhamos, curiosos, muitos mitos foram alimentados ao longo dos anos. Alguns envolvem supostas aparições de extraterrestres, outras que o lugar sobreviveria ao fim do mundo. Na virada do milênio e no dia 21 de dezembro de 2012, duas datas programadas para o mundo acabar (só que não), muitas pessoas correram para Alto Paraíso, achando que o lugar ficaria ileso ao apocalipse.

Uma coisa é certa: a região do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (e arredores) é um lugar no mínimo diferenciado, sem falar que é de uma beleza arrebatadora.

Trilhas do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

chapada-dos-veadeiros-cachoeira

Misticismos a parte, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é lindo de morrer e merece ser minuciosamente explorado por seus viajantes. Para descobrir as belezas da região, há 4 opções de trilhas sinalizadas. Na Travessia das Sete Quedas, por 23,5 quilômetros, que podem ser percorridos em 2 ou 3 dias, o visitante passa por campos rupestres, o cristalino Rio Preto até chegar às quedas e piscinas naturais para um revigorante banho gelado.

Na Trilha dos Saltos são 11 km, cerca de 6 horas. As paisagens vistas são compostas por veredas, um campo de garimpo de cristal e o mirante do Salto que, com 120 metros, permite uma visão privilegiada da queda d’água do Rio Preto. A trilha continua um pouco puxada, mas com paradas para banhos no rio e nas corredeiras que formam hidromassagens naturais.

Uma das que mais deixam os visitantes sem fôlego é a Trilha dos Cânions, com 12 km. Durante o percurso a parada na Cachoeira das Cariocas rende banhos em poços e a apreciação do lindo Cânion II, o I está interditado para proteger a reprodução do pato mergulhador, animal em extinção, que fez ninhos neste local.

Para quem tem dificuldades de locomoção, também há uma opção de trilha mais leve no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a Trilha da Seriema, com apenas 800 metros, ida e volta. Ela passa pelo córrego rodoviarinha, onde é possível tomar banho na época das chuvas.

Lembrando que cada uma das trilhas tem um número limitado de visitantes por dia, então em dias de grande fluxo, convém chegar cedo. O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros tem entrada gratuita e fica aberto a visitação de terça a domingo, com entrada das 8h às 12h e saída até às 18h. Não é obrigatória a presença de um guia, mas o parque recomenda que os visitantes contrate um condutor autorizado, que além de enriquecer o passeio com informações, garante mais segurança.

Radicalize dentro e fora do parque!

Rapel no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Com cenários compostos por cachoeiras, cânions, paredões, cavernas e rios, não é de estranhar que os aventureiros simplesmente amam o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. As opções para sentir a adrenalina correndo nas veias são muitas. Quem curte arvorismo, encontra 10 desafios em 180 metros de percurso pelas copas das árvores.

No canionismo a aventura consiste em explorar os rios com rapel em cachoeiras, nadando e com caminhadas aquáticas. O rapel por si só também é adrenalina garantida, descendo por abismos, cânions e paredões.

Fora do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros também há mais cachoeiras e cenários incríveis para explorar. Que tal experimentar a Tirolesa Voo do Gavião, situada na Pousada Fazenda São Bento? São 850 metros de extensão a 100 metros de altura, deslizando sob dois cabos de aço e admirando a maravilhosa vista da região.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros: aventura do coração do Brasil!

Além da tirolesa, no entorno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros o viajante encontra mais um monte de cachoeiras e outros atrativos naturais, como o Vale da Lua, região na qual as águas do Rio São Miguel esculpiram as rochas ao longo dos anos, formando crateras que lembram a superfície lunar.

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e seus arredores merecem entrar na lista de destinos de qualquer viajante. Para conhecer suas belezas, aproveite os descontos do Zarpo nas hospedagens.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *