Quando a noite chega, é hora de se divertir nas baladas em São Paulo

Quando a noite chega, é hora de se divertir nas baladas em São Paulo

Apesar de ser conhecida como a capital do turismo de negócios, a “Terra da Garoa” atrai bastante turistas por oferecer cultura, entretenimento e muitos pontos turísticos. E quando se trata de agito e vida noturna, Sampa é referência no mundo todo. A noite nessa cidade, além de dispor de opções para todos os gostos, é como se nunca dormisse. Uma vez que alguém conhece as baladas em São Paulo, pode ter certeza que vira fiel frequentador, e os turistas que chegam com esse propósito, provavelmente voltam com lembranças memoráveis para contar histórias.

Encontre estadas com desconto Zarpo para ficar próximo às melhores baladas da cidade

As opções de clubes noturnos em São Paulo são tantas, que a cidade acaba dispondo de lugares para todos os bolsos e estilos, desde os mais elitizados, até os mais acessíveis. A BC Paris (Black Calavado), por exemplo, é o point do público “top” paulistano. Seguindo a mesma linha da casa em Paris, a filial abriu suas portas na capital paulista para abordar o conceito inovador de sua matriz parisiense, tanto na decoração, quanto no sistema de entrada, que não cobra na porta, porém, exige um padrão de sofisticação ou que seja amigo ou conhecido dos sócios. O som na BC é sempre eclético, o objetivo principal nesse lugar é se divertir!

De rock a sertanejo, uma pluralidade de gostos!

festa-sertanejo-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Os baladeiros que se preparem para não exagerarem no virote ao som de muito sertanejo universitário durante à noite paulistana! Villa Mix e Woods são uma das opções de baladas sertanejas para os apaixonados que desejam se acabar de cantar e dançar esse estilo animado. Ambas as casas seguem a mesma linha: com decoração rústica, tem shows de cantores famosos e novatos, prontos para fazerem o público, dançar e se divertir até suar.

O grandioso e supremo Rock também não poderia faltar na vida noturna em São Paulo, não é mesmo? Ainda mais porque essa cidade é dona de uma pluralidade enorme de estilos e interesses. Hipsters ou não, os amantes do Indie Rock são fiéis frequentadores do Beco 203, na famosa Rua Augusta. É praticamente impossível não soltar a voz e cantar junto músicas de bandas alternativas como, The Killers, Arctic Monkeys, Tame Impala, Foals, The Kooks, entre outros. Esse é o lugar de São Paulo ideal para se divertir cantando aquela música clássica, Wonderwall, da banda britânica Oasis. Quanto toca, não há quem consiga segurar a voz!

As noites são memoráveis pelas baladas em São Paulo!

balada-zarpo-magazine

Bem ao lado do Beco 203, fica o Anexo B, esse lugar, para os grandes fãs da música pop, é a escolha certa! Impossível não dançar até suar (ao menos um pouquinho) ao som de grandes nomes desse gênero, como Miley Cyrus, Ariana Grande, Beyonce, Tove Lo, etc. Por estarem localizadas lado a lado e, pelo fato de que o dono é uma única pessoa, os clientes, tanto do Beco, quanto do Anexo B, podem ficar alternando entre uma e outra. Uma boa vantagem para quem se cansa de ouvir o mesmo estilo musical durante a noite! É por essas e outras que o lugar faz parte das melhores baladas em São Paulo.

A Blitz Haus, também na Rua Augusta, é bastante famosa por seus 3 ambientes totalmente descontraídos e, claro, por proporcionar ao seu público uma das melhores baladas alternativas de São Paulo. No subsolo é onde o DJ solta o set para o público se acabar em grandes sucessos variados e sob um teto cheio de luzes coloridas e encantadoras. No térreo, fica o bar, que é ideal para quem procura um clima mais tranquilo. Já no andar de cima, é a parte mais interessante, há mesas de sinuca, pebolim e fliperamas com jogos antigos e clássicos, como Mortal Kombat, Street Fighter, etc.

Clube Vegas: praticamente dono da noite paulistana!

drink-balada-zarpo-magazine

Um dos maiores responsáveis pela diversão na vida noturna em São Paulo é o Grupo Vegas, equipe dona de três das melhores baladas da capital paulistana. Para começar, tem o Lions Club, localizado no primeiro andar de um prédio do centro de SP, é responsável por receber djs que levam o melhor do Hip Hop e Rap para um público que não deixa o esqueleto ficar parado. Às sextas, a casa proporciona a festa Ultralions, que acomoda o público da elite GLS que vai curtir sucessos da música eletrônica, Pop e Funk.

O Club Yacht (também pertencente ao Clube Vegas) é bastante famoso, tanto por sua decoração de tema náutico (com direito a aquário, estatua de Iemanjá e barmans vestidos de marinheiros), quanto por seus frequentadores, sempre amantes da música pop, eletrônica e funk. O famoso “barquinho” é, sem dúvidas, é uma das primeiras posições no guia de baladas em SP, não é à toa que é o lugar onde, além do público LGBT e “gay friendly”, muitos famosos procuraram para cair na noite.

No rooftop do Maksoud Plaza Hotel, fica o PanAm Club, também de responsabilidade do Clube Vegas. Essa casa noturna recebe um público alternativo e elitizado que vai para curtir diferentes sons, dependendo do dia… Na festa queremosMAIS, por exemplo, quem curte as batidas do gênero eletrônico House, irá se surpreender com a qualidade do lugar, principalmente com a vista encantadora para a cidade de São Paulo.

D-EDGE: simplesmente o melhor clube do mundo!

balada-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Para os que procuram curtir a verdadeira música eletrônica, aquela que passa longe de ser considerada um som comercial, o melhor lugar para isso é o clube D-EDGE. Essa casa noturna que já foi considerada diversas vezes, não só a melhor balada de São Paulo, como também a melhor do mundo, dispõe de 3 ambientes totalmente modernos, refinados e libertadores. A infraestrutura não poderia ser melhor, luzes que vão do teto até o chão e caixas de som da melhor qualidade.

As festas da cena underground promovidas pelo D-EDGE, exploram vertentes da música eletrônica, como House e Techno, trazem os melhores Djs nacionais e internacionais e ainda podem rolar até as 13h, com direito a pôr do sol no terraço do clube.

Localizada no mesmo bairro do melhor clube do mundo (bem próximo, inclusive), a Clash Club não poderia faltar no guia de baladas de SP. O lugar propõe aos seus frequentadores músicas eletrônicas e, dependendo o dia, os melhores shows e djs de rap e hip-hop. Para quem curte a cena street, é o point certo, já que faz até parte das melhores baladas em São Paulo.

Como não se apaixonar pela vida noturna paulistana?

samba-casal-zarpo-magazineImagem ilustrativa

As opções clássicas de clubes com funk, música eletrônica e qualquer outro sucesso tocado nas rádios estão presentes em todo lugar, e em São Paulo, não seria diferente. Na dúvida sobre que tipo de lugar sair para aproveitar e se acabar na noite, opte pelas casas que apresentam esses sons. Mesmo que com músicas muito comerciais, nas casas noturnas como Royal Club e Caribbean Disco Club é diversão garantida. Ninguém fica parado, principalmente quando aquele funk que todo mundo sabe cantar e dançar, começa a tocar.

Um lugar bastante alternativo, que não poderia faltar pela vida noturna em São Paulo, é a Nossacasa – Confraria das Ideias. Justamente por dispor de músicas populares brasileiras, ou seja, MPB, esse lugar abriga o público mais amor da capital paulistana e é ótimo para levar o amigo gringo que acaba de chegar na cidade e está com aquele fogo para sair e conhecer um pouco da cultura brasileira.

Gostou das dicas de baladas? Confira aqui o artigo da Mag que mostra os destinos mais badalados do mundo. E aproveite para viajar com os descontos especiais do Zarpo!



Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *