Viagens às civilizações antigas

Viagens às civilizações antigas

Não é só através dos inúmeros documentários da TV a cabo, que podemos viajar nos séculos e conhecer um pouco das civilizações antigas que povoaram a Terra. Ao redor do planeta, muitos vestígios foram deixados por diversos povos e podem ser descobertos com viagens inesquecíveis. No México temos as pirâmides e templos dos Maias, e no Peru os mistérios do povo Inca atraem milhares de turistas para as suas cidades perdidas. Aperte os cintos que essa viagem é longa!

Conheça as ruínas das civilizações antigas com os pacotes promocionais do Zarpo

Uma das mais visitadas ruínas das civilizações antigas

Viagens às civilizações antigas

Os Incas viveram nas regiões andinas do Peru, do Chile, da Bolívia e do Equador, aproximadamente entre 3000 a.C. a 1500 d.C. Uma das civilizações antigas mais avançadas da História, esse povo deixou muitas ruínas do que, no passado, foi o grandioso Império Inca, o maior da América pré-colombiana.

Hoje, Machu Picchu é ponto turístico imperdível de quem viaja para o Peru! A “velha montanha”, significado em quíchua (língua oficial do Peru) para Machu Picchu, foi erguida pela antiga civilização inca, no século 15, a 2.350 metros de altitude, no topo de uma montanha dos Andes peruanos.

Viagens às civilizações antigas Vale Sagrado

A Cidade Sagrada dos Incas ou Cidade Perdida, como é conhecida por ter ficado escondida em meio à vegetação até ser redescoberta em 1911, pelo historiador Hiram Binghan, tinha todas as características de uma cidade para até 1000 habitantes, com ruas, templos, casas, cemitérios e áreas agrícolas.

Além de Machu Picchu, no Vale Sagrado dos Incas, região com mais de 100 km, também tem outras ruínas que devem entrar no roteiro de quem quer descobrir mais sobre as civilizações antigas. As ruínas de Pisac, com terraços agrícolas, templos e um cemitério; as da fotaleza Sacsayhuaman; e as ruínas de Ollantaytambo, com as grandes pedras que formam o Templo do Sol.

Ruínas feat. mar caribenho

Viagens às civilizações antigas

Sem dúvidas, uma das ruínas de civilizações antigas que, muitas vezes, entra por acaso no roteiro dos viajantes, são os sítios arqueológicos dos Maias. Espalhadas pela região litorânea do México, as heranças históricas desse povo costumam ser visitadas entre os mergulhos no mar caribenho, de quem viaja para a Riviera Maia e Cancun.

Diferente de outras civilizações antiga, os Maias não construíram um império, mas surpreende muito os viajantes que se deparam com as ruínas à beira mar, em Tulum. Estima-se que, por volta do ano 900, os Maias construíram uma cidade protegida por uma muralha, que era utilizada como porto e alfândega para o comércio de mercadorias com a América Central.

Viagens às civilizações antigas

Na cidade de Cobá tem mais ruínas escondidas em meio à floresta! Nela, é possível encontrar um observatório astronômico, um campo de jogos, uma pirâmide pequena e outra com mais de 40 metros de altura, a famosa Nohoch Mul, a mais alta da civilização Maia no México. Quem quiser, pode enfrentar os 120 degraus e subir até seu topo para contemplar a bela vista da natureza local.

Viagens às civilizações antigas

Em Chichén Itzá, os viajantes vão se deparar com uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo! Os sítios arqueológicos, nomeados como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, ocupam uma área de cerca de 6 km². Essa viagem pelas civilizações antigas inclui a visita à Pirâmide de Kukulcán ou El Castillo, que é um calendário maia, com seus 365 degraus, representando cada dia do ano.

Viagens às civilizações antigasPraça das Mil Colunas

Também fazem parte das ruínas de Chichén Itzá o Templo dos Guerreiros, com enormes cabeças de serpentes esculpidas em pedras; a Praça das Mil Colunas, com diversos pilares enormes; o Templo do Jaguar com incríveis relevos; e o belíssimo Cenote Sagrado, um poço de 65 metros de diâmetros, onde o povo maia atirava corpos em seus rituais.

Viaje para o Peru e para o México com os pacotes promocionais do Zarpo e desvende os mistérios e histórias dessas civilizações antigas!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *