Roteiro de 1 Dia em Petrópolis

Capa: Oscar liberal/CC-BY-SA | 

Cidade serrana e histórica, Petrópolis foi fundada pelo imperador D. Pedro II, em 1843, e já foi capital do Rio. Por testemunhar grande parte da história do país, o Governo Federal batizou o município de “Cidade Imperial”, que ganhou como herança suas construções, com arquitetura do século XIX e XX, as quais tiveram influências dos imigrantes alemães, italianos, portugueses e sírio-libaneses. É considerada destaque no alpinismo nacional, além de estar entre os 5 polos gastronômicos do país, Petrópolis atrai mais de um milhão de visitantes todos os anos. Por isso, a Mag preparou um roteiro de 1 dia nessa encantadora cidade do interior do Rio de Janeiro!

Sua manhã repleta de charme

cafe-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Trazendo um estilo retrô e charmoso para os jardins do Museu Imperial, o Duetto’s Café e Bistrô, é um verdadeiro encanto durante suas manhãs em Petrópolis. Chás, drinques gelados a base de café e chocolate (sem álcool), vinhos e cervejas locais, acompanham as famosas torradas Petrópolis, geleias artesanais, bolos e outras delícias. Oferece massas e molhos artesanais, além dos produtos que os clientes podem saborear em casa, como os licores, compotas e os biscoitos amanteigados da cidade.

Museu Imperial – Rua da Imperatriz, 220 | Tel.: (24) 2243-2952 | Site

O ambiente agradável do Sant’Anna Cafeteria & Lancheria representa muito bem a cidade: clima serrano e tranquilo. Dessa forma, fica fácil transmitir na decoração em tons marrom e vermelho, com cadeiras em madeira estilo colonial e paredes listradas, a simpatia da cafeteria, que muitas vezes recebe os clientes ao som de violino. Aproveite para experimentar em seu café da manhã os bolos, quiches, doces e a parte delicatessen, com produtos artesanais.

Rua Dr. Paulo Hervé, 1139 | Tel.: (24) 2233-3157 | Site

Passeios dignos de rei

flickr-palacio-de-cristal-petropolis-zarpo-magazineLuiz Eduardo Trotte/CC-BY-SA

Inaugurado em 1884, o Palácio de Cristal foi um presente do Conde d’Eu para Princesa Isabel, que o usaria para cultivar hortaliças. Sua arquitetura foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres e no Palácio de Porto, pré-moldado na França, e foi feito todo de cristal. Hoje, os cristais foram trocados por vidros, mas o palácio continua glamoroso com seus grandes e imponentes lustres, e é palco de shows, eventos, apresentações e da tradicional Bauernfest.

Rua Alfredo Pachá, s/n | Tel.: (24) 2247-3721 | Site

flickr-palacio-imperial-petropolis-zarpo-magazineOscar liberal/CC-BY-SA

Quando ainda era considerado Palácio Imperial de Petrópolis, o Museu Imperial, foi a residência de verão preferida de Dom Pedro II. Construído entre 1845 e 1862, o palácio deu início a Petrópolis, e está localizado no centro da cidade. Ele possui um incrível jardim com mais de 100 espécies de árvores e flores, feito pela paisagista parisiense Jean Baptiste Binot e com supervisão do próprio Dom Pedro II, além de sua arquitetura feita por importantes nomes da Academia Imperial de Belas Artes. Em 1940, foi declarado museu por Getúlio Vargas, e começou a funcionar em 1943, com um grande acervo de objetos e documentos do período colonial brasileiro.

Rua da Imperatriz, 220 | Tel.: (24) 2233-0300 | Site

Quem visita Petrópolis, percebe o grande valor histórico da cidade, já que por ela passaram grandes nomes e acontecimentos marcantes. A Casa de Santos Dumont é mais um espaço que preserva a memória do gênio da engenharia Alberto Santos Dumont, sua antiga residência de verão, projetada e batizada por ele como “A Encantada”. Tombada em 1952 como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, deixa seus visitantes curiosos com a forma criativa que foi criada, uma das coisas que logo chama a atenção é a escada íngreme com degraus contados em forma de raquete, feitos para facilitar os movimentos, o chuveiro feito com um balde perfurado, e os móveis que são extensões da madeira utilizada na parede.

Rua do Encanto, 22 | Tel.: (24) 2247-5222 | Site

Uma cidade gastronômica chamada Petrópolis

cocotte-bistro-petropolis-zarpo-magazineMaria Mattos/Divulgação

O casamento entre música e gastronomia, deu tão certo que, em 2012, resultou no nascimento do aconchegante Cocotte Bistro. Uma união tão boa quanto a de Manoela Rabin e Luiz De Simone, casal proprietário do bistrô, mais conhecidos como a chef e o pianista. Uma história de amor pela gastronomia que começou na casa em que viviam, um pouco afastada do centro, e que aos poucos começou a fazer sucesso e mudou para um endereço mais acessível em Petrópolis. A técnica francesa combina com os produtos da serra, em um ambiente que tem clima provençal e ao mesmo tempo urbano, com lareira e sofás trazidos da França, tudo distante do burburinho da cidade, mas próximo para seus visitantes.

Estrada União Indústria, 13984 | Tel.: (24) 2222-3334 | Site

imperatriz-leopoldina-petropolis-zarpo-magazineSelmy Yassuda/Divulgação

Dentro do Hotel Solar do Império, está o encantador restaurante Imperatriz Leopoldina, com paredes pintadas a mão pela artista plástica Dominique Jardy, mesas e cadeiras em estilo imperial, assoalho de madeira repleto de detalhes e lustres dignos de um minuto de atenção de seus visitantes. Seu nome é uma homenagem a Carolina Josefa Leopoldina de Habsburgo-Lorena, Imperatriz do Brasil, esposa de Dom Pedro I e avó da Princesa Isabel. Mas não é só o clima que é digno de rei, o cardápio conta com a opção “Mesas Históricas”, composto por pratos coloniais, sem falar na adega climatizada.

Hotel Solar do Império – Av. Köeller, 376 | Tel.: (24) 2103-3000 | Site

nhoque-zarpo-magazineImagem ilustrativa

O restaurante …Lá, já foi considerado o melhor da cidade, e para muitos, ainda é o restaurante preferido. Sua discrição e originalidade, refletem as personalidades dos sócios Marcelo Vidal e Bebeto Felipe, que também é chef da cozinha do restaurante. Rodeado por muito verde e um pouco afastado do centro da cidade, o bistrô une uma gastronomia diferenciada a um ambiente totalmente inserido na natureza, que dá direito a ouvir o som das águas do rio. O diferencial é de que os donos sempre estão presentes preparando deliciosos pratos, sobremesas, tudo harmonizado com vinhos. A decoração é descontraída e tem suas mesas e cadeiras coloridas e diferentes umas das outras, assim como os variados lustres. Sente-se e sinta o gostinho de Petrópolis.

Estrada do Secretario km 5,7 – s/n | Tel.: (24) 2228-2027 | Site

O restaurante Afrânio está rodeado por um enorme e belíssimo jardim de inverno. Dividido em 3 ambientes, salão, em espaço aconchegante e com lareira, deck, ao ar livre e com visão para a vegetação nativa, e o jardim, um local envidraçado que deixa visível o jardim de bromélias e a luz natural, todos decorados com muita delicadeza pela dona que também é arquiteta, Denise Madsen. O cardápio refinado tem pratos como risotos, polvo, massas, e a adega conta com o famoso vinho Cavas Submarina, que fica armazenado por três meses a 30 metros de profundidade no Oceano Pacífico, antes de ser servido.

Estrada Bernardo Coutinho, 3575 | Tel.: (24) 2225-0705 | Site

Tarde cheia de cultura e história

wiki-casa-stefan-zweig-petropolis-zarpo-magazineAndreas Maislingers/CC-BY-SA

Um renomado escritor austríaco de origem judaica, Stefan Zweig (1881-1942), encontrou em Petrópolis seu verdadeiro refúgio. Considerava um dos lugares mais bonitos que viu, como descreveu em uma carta, além disso, foi o autor mais traduzido e lido do mundo. A Casa Stefan Zweig, foi tombada nos anos 80 e considerada patrimônio histórico. Em 2006 se transformou em museu, um local que preserva a história de Zweig, além de ser um centro memorial do exílio e divulgar biografias de intelectuais e cientistas europeus refugiados no período do nazismo.

Rua Gonçalves Dias, 34 | Tel.: (24) 2245-4316 | Site

museu-de-cera-de-petropolis-zarpo-magazineDivulgação

Primeiro no Brasil a ter padrões artísticos e internacionais de hiper-realismo, o Museu de Cera de Petrópolis foi aberto em 2011, em um casarão construído no século XX em estilo espanhol, tombado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Suas atrações estão dispostas em 2 andares, e são simplesmente personagens nacionais e internacionais feitos em tamanhos e formas realistas de cera. Logo na entrada, os visitantes são recebidos por Santos Dumont, depois, quem adentra o museu se depara com Dom Pedro II e a Princesa Isabel, Super Homem, Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva e Nelson Mandela, Pelé, Jack Sparow (Jhonny Depp) e até Albert Einstein.

Rua Barão do Amazonas, 35 | Tel.: (24) 2249-1595 | Site

Noite feita para refinados paladares

adega-vinho-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Comandado pelo chef Diogo Djow, a Adega Don Bistrô é uma mistura de adega e bistrô. Ao entrar, os clientes se sentem em uma verdadeira adega com mesas espalhadas e luz baixa. Já na varanda, encontram um barzinho de madeira que atrai os clientes com sua carta de drinks. Combine os pratos com os mais de 500 rótulos disponíveis na adega, entre eles, os do Novo e Velho Mundo, que os clientes podem escolher com a ajuda de um sommelier. O local ganha um toque rústico por ter todos os detalhes em madeira, e seu clima aconchegante garante uma noite agradável.

Estrada União Indústria, 10582 | Tel.: 24 2222-4400 | Site

O esplêndido castelo de Itaipava, só poderia oferecer o melhor da gastronomia a seus clientes, por isso foi criado o Castelo Bistrô, um espaço à altura de muito glamour. De domingo a sexta, contam com música ao vivo para entreter os clientes juntamente com suas refeições harmonizadas. A decoração tem um toque medieval, porém moderno, com grandes lustres e cores claras, fato que deixa o clientes sentindo-se verdadeiros reis e rainhas em seu castelo.

Rodovia BR-040, Km 56, s/n | Tel.: (24) 2223-6762 | Site

risoto-zarpo-magazineImagem ilustrativa

Especializado em comida italiana, o Restaurante II Perugino já ganhou prêmios como a 8° Melhor Carta de Vinhos do Brasil e recebeu por 5 anos consecutivos a estrela do Guia 4 Rodas. Inaugurado em 2004, o restaurante é comandado pelo chef Sormany Justen, que renova o cardápio de 2 a 3 vezes por ano, com mais de 30 opções, sem falar dos pratos especiais e do menu degustação. Por um dos prêmios recebidos, já dá pra perceber a boa qualidade da carta de vinhos, a qual conta com mais de 450 rolhas, prontas para um combinação perfeita entre as massas e risotos preparadas pela casa. A decoração é tradicional e refinada, com cadeiras de madeira e espelhos em estilo provençal.

Estrada União e Indústria, 12601 | Tel.: (24) 2222-3092 | Site

A Bauernfest (Festa do Colono Alemão), é um dos eventos mais aguardados de Petrópolis, e um dos maiores em seu segmento no Brasil. Acontece sempre no mês de junho, e resgata as raízes germânicas da cidade, que recebeu os primeiros alemães em 1845. Durante 10 dias, a festa esbanja muita música folclórica, comida típica, atrações culturais, artesanato, brincadeiras, tudo regado a muita cerveja e chope, ou chocolate quente para as crianças.

Palácio de Cristal – Rua Alfredo Pachá, s/n | Tel.: (24) 2247-3721 | Site



Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *